Sobre Thiago Albuquerque

Thiago Albuquerque é um músico compositor e pesquisador que tem influências da música como um todo. Suas trilhas e composições abrangem uma gama sonora muito extensa, demonstrando características da música clássica, jazzística ou por exemplo eletrônica. Também vislumbra em suas trilhas toda a atmosfera que consegue captar, como sons da natureza (água, vento, fogo e terra), vocalizações de animais, ruídos de fábricas ou, por exemplo, sons que parecem ter vindo de um sonho, pesadelo, ou das profundezas de um oceano.

 

Como pesquisador entre 1998 a 2001, Thiago Albuquerque juntamente com Albery Albuquerque, lançam uma pesquisa através do Instituto de Artes do Pará (IAP). Esse é um grande momento pois lhe é proporcionado pelo Governo do Estado do Pará, a oportunidade de apresentar e revelar ao público nacional e internacional, um mundialmente inusitado e revolucionário método científico-musical-ecológico portador de novas Escolas Musicais (novos gêneros musicais - composição, estruturação harmônica, contraponto, improvisação, tradução e adaptação)  extraídas da decodificação (feita através de estudos musicológicos) das linguagens vocalizadas de diversas espécies de animais da floresta Amazônica e do mundo.

 

Em 2008 Thiago Albuquerque e Albery Albuquerque apresentam a pesquisa denominada “Música Transmórfica”, lançando um livro inusitado que sobrepõe a arte à ciência, que demonstra um método revolucionário, e uma nova maneira de Pensar e fazer música.

 

A partir dessa nova e revolucionária linguagem, podemos extrair os sons dos objetos e de tudo que tem movimento, assim como de todos os tempos e eventos passivos de observação, gerando assim, a Música Arquitetônica, Música Geométrica, Música Cósmica, Música Quântica, Música Eletromagnética, Música Viva da Floresta etc. O primeiro trabalho demosntrado foi de Música Arquitetônica, com a extração da melodia existente na treliça de ferro do Frontão do Mercado do Ver-o-Peso. Por esse motivo podemos dizer que esta melodia é a primeira música no mundo, que foi extraída de um patrimônio arquitetônico.

 

Curta e compartilhe com seus contatos!